30ª Jornada

Paranaense de

Psicodrama

28 e 29

Jun 2019

Vivencie o

Projeto Socionômico

de J.Levy Moreno

no principal evento de

do Paraná

APP NOVA PRETAPrancheta 4APP NOVA PRETA.

Maria Rita é Pedagoga- Faculdade de Filosofia Ciências e Letras “Sedes Sapientiae” Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Especialista em Psicologia Clínica- Faculdade de Filosofia Ciências e Letras “Sedes Sapientiae” Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Diplomada como Especialista em Psicologia Clínica, Mestre em Psicologia- Departamento de Psicologia Universidade de Brasília, Doutora em Psicologia Clínica- Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. 

 

Especialista em Orientação Educativa- Faculdade de Filosofia Ciências e Letras “Sedes Sapientiae” Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Especialista em Psicodrama Terapêutico Associação Brasileira de Psicodrama e Sociodrama, Professora/ Supervisora e Terapeuta de alunos pela FEBRAP desde 1976, com especialização em Psicodrama Pedagógico – Role PLaying Pesquisa e Aplicação de São Paulo, e especialização em Terapia de Casal e Família- SEFAM- Sociedade de Estudos da Família.

 

Seixas tem também formação como Terapeuta de Família pelo Curso de Terapia Familiar Sistêmica- Departamento of Psychiatry at Berkshire Medical Center, Pittsfield Massachussestts- Diretor Carlos E. Sluski, M.D. USA, 1991,Terapeuta Comunitária – Reconhecida pela ABRATECOM- Associação de Terapia Comunitária Agente da Paz pela UNIPAZ /Palas Atena a partir de 2006; e Mediadora pela Mediativa -Instituto de Mediação Transformativa, 2012.

Fundadora e Presidente da Associação Brasiliense de Psicodrama-ABP, Conselheira da ABP no Conselho Diretivo e Consultivo da FEBRAP de 1976 até 1979, foi Professora e Supervisora da Sociedade Goiânia de Psicodrama até 1984, Coordenadora e Professora /Supervisora dos Cursos de Especialização em Terapia Familiar em Hospital e de Terapia Comunitária do Departamento de Psiquiatria e Psicologia Médica da UNIFESP de 1997 até 2009 quando foi jubilada, Docente da UNAMA-Universidade da Amazônia, Curso de Terapia Familiar Modulo -Sociodrama Familiar Sistêmico em 2006, Coordenadora da Comissão Científica do VII Congresso Brasileiro de Terapia Familiar. São Paulo, 2006, Professora do Núcleo de Estudo e Pesquisa em Sociopsicodrama do ABC e região- NEPSAR desde 2013, Coordenadora da Comissão de Reinserção do Terapeuta da Rede Pública da APTF -2015, Representante do DPSEDES no Fórum Gestor da FEBRAP, 2017, e Coordenadora de Ensino do DEPSEDES novamente na gestão em rede de 2017 a 2019.

Entre tantas outras atuações, apresenta e coordena trabalhos, com regularidade em Congressos de Psicodrama,Terapia Familiar e Terapia Comunitária, com publicação em anais de congressos Nacionais e Internacionais.

 

Entre suas inúmeras publicações estão:

SEIXAS, M.R.D.A. As dificuldades do vínculo conjugal na atualidade: como trabalha-las com o sociodrama familiar sistêmico/construcionista. In: Castanho, G. Psicodrama com casais. São Paulo: Editora Ágora, 2016.

SEIXAS, M.R.D.A. Quando a Família não é um sonho possível: a dramatização reveladora. In: Dias Baptista, M.C.V. O Palco da Espontaneidade: Psicodrama contemporâneo. São Paulo: Gen /Roca, 2012. ISBN: 978-85-4120-02905

SEIXAS, M.R.D.A. Opostos complementares. In: Sampaio, A. (org.) Amor na Internet:
quando o virtual cai na real, Rio de Janeiro: Record, 2002.

SEIXAS, M.R.D A. e Dias. M.L. (Org.) A Violência Doméstica e a Cultura da Paz. São Paulo: Gen Grupo Editorial Nacional, 2013.ISBN:978-85-4120-274-9

Seixas M.R.D.A. (org.) Origem e trajetória da Terapia Familiar no Brasil. São Paulo:
Roca, 2010

Maria Rita D’Angelo Seixas

CRP 06/17972

Sergio Perazzo nasceu no Rio de Janeiro em 1943. 

Médico formado pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), especializou-se em Psiquiatria no Hospital do Servidor Público Estadual de São Paulo, onde trabalhou até 1979. Concluiu sua formação em psicodrama em 1976 pela Sociedade de Psicodrama de São Paulo (SOPSP), sendo credenciado pela Federação Brasileira de Psicodrama (Febrap).  Professor-supervisor-didata de psicodrama desde 1978 pela SOPSP, além de membro da Associação Brasileira de Psicodrama e Sociodrama (ABPS).  

 

Exerce atividade clínica e de supervisão em atendimento individual e em grupo em consultório. Autor de dezenas de artigos sobre psicodrama publicados em revistas nacionais e internacionais, tem exercido inúmeras atividades didáticas (cursos, conferências, aulas,workshops etc.) e participado de congressos no Brasil e no mundo. 

 

Entre suas obras estão: Descansem em paz os nossos mortos dentro de mim

(São Paulo, Ágora, 1986, 4ª edição); Ainda e sempre psicodrama (Ágora, 1994); Fragmentos de um olhar psicodramático (Ágora, 1999) e Psicodrama – O forro e o avesso (Ágora, 2010).

 

Saxofonista, violonista e cantor de chuveiro nas horas vagas, Sergio já integrou a orquestra de médicos do Hospital Albert Einstein e uma banda de jazz de músicos amadores (Banda Bardabartira).

Sergio Perazzo 

CRM / SP 14451

Alcione Ribeiro Dias 

CRP 14/00214-8

Possui graduação em Psicologia pela Fundação Mineira de Educação e Cultura (1984). Psicodramatista didata supervisora pela Federação Brasileira de Psicodrama (FEBRAP). Especialista em Psicologia Organizacional (CRP/SP). 

Consultora no campo socioeducacional desde 1985. 

Professora de Pedagogia Psicodramática e Metodologias
Socioeducativas.  
Diretora pedagógica do Núcleo de Psicodrama GAYA MS e
Coordenadora Técnica da Associação Entre Nós - ONG que trabalha com população em situação de vulnerabilidade social.

O que é a Jornada ?

A Jornada de Psicodrama é o principal evento de psicodrama realizado no Paraná. O Projeto Socionômico de Moreno propõe a terapêutica das Relações Sociais e com isto, a transformação do ser humano aberto para propostas de relacionamentos mais verdadeiras e saudáveis.Com isso a Jornada de Psicodrama é um encontro que realiza a missão da Associação ao propiciar o ensino e o debate científico acerca do Projeto Socionômico (Psicodrama) de Jacob Levy Moreno, juntamente com a participação da comunidade e demais meios científicos, educacionais, sociais e culturais.

O que é a Jornada ?

Sobre a Jornada

A oportunidade

A oportunidade

estreitar vínculos, criar redes de conexões e fortalecer seus propósitos pessoais e profissionais.

# 02 dias

de encontro

@ profissionais renomados

Um momento que propicia a reflexão sobre a importância de compreendermos que vínculos e conexões são instrumentos facilitadores e determinantes de transformação, sendo que a espontaneidade e a criatividade fundamentam todo e qualquer trabalho que tem como proposta o desenvolvimento e a evolução do ser humano em suas relações sociais.

@ público participante

Profissionais de todas as áreas, sendo significativa a participação de profissionais que já trabalham, ou interessados em trabalhar, com grupos empresariais, escolas, clínicas, projetos sociais, atividades socioculturais, intervenções em grupo, comunidades, treinamentos, coaching, psicoterapias, entre outras atividades relacionadas à área de humanas

Apoio

público participante

capa facebook app empatia (1).png
Faça parte da comunidade de Psicodrama
APP NOVA BRANCAPrancheta 1APP NOVA BRANC